22 de Fevereiro de 2018
Ribeira de Pena | 09-09-2015
Por: Redacção
Feriado municipal de Ribeira de Pena dá o mote à festa do emigrante e inauguração do relvado do Campo municipal do Cavalinho
Relvado do Campo Municipal do Cavalinho.
No passado dia 16 de Agosto, feriado municipal, a Câmara Municipal de Ribeira de Pena organizou uma vez mais a Festa do Emigrante, desta vez em conjunto com os EHATB.

O local escolhido, este ano, foi o Campo do Cavalinho, agora municipal, onde também foi realizada a cerimónia de inauguração do relvado sintético. À festa não faltou música, o tradicional almoço aberto a toda a população e vários jogos de futebol.

Como o jornal O Basto já teve oportunidade de noticiar, esta obra foi envolta em muita polémica, uma vez que com ela o actual campo, propriedade até então do Clube, passou para as mãos da autarquia, fazendo com que doravante os clubes estejam sempre dependentes do consentimento da Câmara Municipal quando aí quiserem jogar. O vereador da oposição, Amadeu Borges, chegou a colocar até em causa a legalidade da transferência do campo do Cavalinho e houve quem também lembrasse o exemplo do estádio do Pedras Salgadas, cujo arrelvamento foi recentemente realizado pela Câmara de Vila Pouca de Aguiar, sem que para isso o clube tivesse que dar ou passar o estádio para a posse da Câmara Municipal. 
Esta obra de arrelvamento do Campo Municipal do Cavalinho custou 278.897,80 euros e foi financiado a fundo perdido em 200.000,00 euros.

O Jornal O Basto sabe que, por outro lado, o arrelvamento do Campo Municipal das Baraças, em Cerva, se encontra muito atrasado, pelo que o financiamento também de 200.000,00 euros, está em risco, alegadamente devido a atrasos processuais da Câmara Municipal, que apesar de ter adjudicado esta obra em 20 de Agosto de 2014 e, tratando-se de um concurso público urgente, só em 14 de Abril de 2015 solicitou os documentos à Costa & Carreira, empresa vencedora, ou seja, mais de 7 meses depois.    

Achou esta notícia interessante?
Comentários (9)
jb disse

Há que entreter com alguma coisa os boys,para justificar o lugar...


02 de Outubro de 2015 11:02




Anónimo disse

agora para pagarem aos seniores andam a levar 10 euros para fazer exames médicos,é uma VERGONHA e anda o presidente da câmara a rir-se desta vergonha. DEMITAM -SE


28 de Setembro de 2015 15:55




Anónimo disse

e Quando o Psd, tornar a ganhar as eleições, torna a virar a casaca, o Alex é mamão-dependente, porque quando o Psd lhe bater à porta já lhe tem prometido um bom tacho, e torna a virar outra vez(o continua a mama o dependente...


21 de Setembro de 2015 17:28




Anónimo disse

isto e uma vergonha ate vão vindimar na hora do trabalho para o noronha e poem fotos no face


18 de Setembro de 2015 17:53




Anónimo disse

e qual é o problema, em ribeira de pena não há partidos, há é chulos..vergonha este barroso, 12 anos a mamar na junta e agora virou casaca.mas não é só ele.


18 de Setembro de 2015 15:03




Anónimo disse

Esse menino alex,nunca me enganou conforme a cor partidária assim vai mamando dos dois lados,é só ver conforme a acdrb,têm umas instalações três jolie à custa do zé povinho.


16 de Setembro de 2015 11:41




Anónimo disse

É só ver os mamões,que proliferaram pelo grupo desportivo como o o Alex de Bragadas,e assim vai o município,desperdiçando o nosso dinheiro para os seus boys que só vivem da mama.


11 de Setembro de 2015 11:37




Anónimo disse

o clube tem diretores agora que nem devem saber onde é o campo. quantas vezes foi o oliveira ao futebol? é diretor porque é socialista?


10 de Setembro de 2015 18:42




Anónimo disse

os diretores do clube se tivecem vergonha ião embora. Derão á câmara a unica coisa que o clube tinha e agora ate para jogar lá tem que pedir por favor. Ruaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa


09 de Setembro de 2015 20:08








Anónimo:



opinião demarcada
Vídeo em Destaque
Este vídeo foi apresentado no oitavo aniversário da adbasto (Associação de Desenvolvimento Técnico-Profissional das Terras de Basto), e conta, visual e oralmente, a história desta associação.
Notícias
  • Últimas
  • + lidas
  • + comentadas
  • + votadas
edição impressa