22 de Fevereiro de 2018
Mondim de Basto | 09-09-2015
Por: Redacção
Mondim de Basto quer receber “Novos Povoadores”
Mondim de Basto quer receber “Novos Povoadores”
A Câmara Municipal formalizou um protocolo para a implementação do Projeto Novos Povoadores, no concelho de Mondim de Basto.

O programa de repovoamento rural «Novos Povoadores» tem como objectivo de facilitar a implementação ou transferência de projetos empresariais para os territórios rurais, apoiando a migração dos empreendedores e suas famílias.

Este programa pretende assim contribuir para a revitalização do território rural através do repovoamento com empreendedores capazes de o desenvolver economicamente com a instalação de pequenas empresas.
É essencialmente dirigido a pessoas e famílias que pretendem deixar as áreas metropolitanas para viverem no interior rural. O programa de repovoamento rural facilitará a um membro da família a criação de uma empresa no território de destino ou a transferência da sua empresa que possua.

Os candidatos a Novos Povoadores beneficiarão de apoio na definição do projeto empresarial a desenvolver; na identificação de projetos semelhantes e visita aos mesmos e na identificação de parceiros e conselheiros para o negócio definido.

Recorde-se que este concelho, tal como toda a Região de Basto,  localiza-se numa zona de transição entre Trás-os-Montes e o Minho e onde a agricultura ainda domina as atividades económicas, é também afetado pelo despovoamento. No entanto, o Presidente da Câmara, Humberto Cerqueira, reconhece que o concelho de Mondim também tem atrativos que lhe permitem competir com as áreas urbanas , porque “aqui a tranquilidade e a vida profissional ativa podem coexistir”, não negando que “É um desafio muito exigente e não há uma receita única para este problema, temos de ser capazes de enfrentar novos caminhos e novas soluções”.

Este projeto tem um custo para autarquia de Mondim de Basto de 22.500 euros e prevê instalar cinco famílias até ao final de 2017. No âmbito deste projeto, até março de 2014, migraram 63 famílias para zonas rurais em Portugal, dez das quais desistiram da experiência.

Achou esta notícia interessante?
Comentários (0)




Anónimo:



opinião demarcada
Vídeo em Destaque
Este vídeo foi apresentado no oitavo aniversário da adbasto (Associação de Desenvolvimento Técnico-Profissional das Terras de Basto), e conta, visual e oralmente, a história desta associação.
Notícias
  • Últimas
  • + lidas
  • + comentadas
  • + votadas
edição impressa