22 de Fevereiro de 2018
Terras de Basto | 01-09-2015
Por: Redacção
Representantes de Basto nas listas à Assembleia da República
Assembleia da República
A próxima legislatura contará, quase de certeza, com dois representantes provenientes das Terras de Basto. Joaquim Barreto e Laura Magalhães, ambos naturais de freguesias do concelho de Cabeceiras de Basto, estão posicionados em lugar elegível nas listas à Assembleia da República, no distrito de Braga, pelo Partido Socialista e pela Coligação “Portugal à Frente” (PSD/CDS-PP), respetivamente.

Joaquim Barreto, atual Presidente da Federação Socialista de Braga e Presidente da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, nome incontornável da política concelhia, fruto de vinte anos de governação do município cabeceirense é o número dois do PS neste distrito. Joaquim Barreto, “fervoroso” apoiante de António Costa, será um dos possíveis nomes a avançar para uma secretaria de estado caso o Partido Socialista vença as próximas eleições legislativas.

Pela primeira vez na sua história, um cabeceirense, indicado pelo PSD local, integrará, em lugar elegível, as listas da Coligação PSD/CDS-PP. Laura Magalhães, atual elemento do PSD na Assembleia Municipal e Vice-Presidente dos Sociais democratas de Cabeceiras de Basto
é o 6º elemento da lista encabeçada pelo atual Ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva. Natural de Pedraça e a frequentar o Doutoramento em Ciências da Educação, especialidade em Psicologia da Educação, na Universidade do Minho, Laura Magalhães, é vista como um dos elementos com maior potencial no renovado e rejuvenescido PSD de Cabeceiras, após a pesada derrota nas últimas eleições autárquicas.

No total são 7 os candidatos, provenientes dos quatro concelhos da região de Basto, que integram as listas dos diversos partidos nas próximas eleições legislativas. Além dos dois nomes referidos anteriormente, Cabeceiras de Basto, contará ainda com mais um representante, Marco Gomes, integra as listas do Livre/Tempo de Avançar, na nona posição. O jovem cabeceirense de 30 anos, integrou as listas do Movimento Independentes Por Cabeceiras nas últimas eleições autárquicas e é atualmente o Presidente da Associação ADBASTO. Neste momento é investigador do ISLab – Intelligent Systems Lab, do Centro de investigação Algoritmi da Universidade do Minho.

Celorico de Basto, terá dois representantes nas listas concorrentes à Assembleia da República. Maria Graça, atual deputada da AR, eleita nas listas do PSD nas últimas eleições legislativas, volta a constar nas listas de candidatos a deputados. Integrada na 15ª posição nas listas da Coligação “Portugal à Frente”, dificilmente será reeleita. O resultado das últimas legislativas, no círculo eleitoral de Braga, permitiu ao PSD eleger nove deputados e ao CDS a eleição de dois representantes. Neste novo cenário de coligação e mantendo-se os números da última eleição, Maria Graça, precisaria da desistência ou da nomeação de quatro elementos para o próximo governo, caso a vitória recai para a coligação de direita.

Fernando Teixeira é o representante de Celorico nas listas à A.R. pelo Partido Socialista. O Presidente da Junta de Moreira de Castelo e atualmente membro da concelhia socialista é o 1º suplente no distrito de Braga. Empresário de profissão, Fernando Teixeira, tem uma missão quase impossível, pois é o 20º elemento da lista encabeçada por Manuel Caldeira Cabral. Recorde-se que em 2011, o Partido Socialista elegeu 7 deputados no círculo eleitoral de Braga.

João Noronha, atual presidente da Assembleia Municipal de Ribeira de Pena, ocupa o sétimo lugar na lista do Partido Socialista, ao círculo de Vila Real. Como é sabido o círculo eleitoral de Vila Real, elege cinco deputados, tendo ditado o resultado das últimas eleições, três deputados para o PSD e dois para o PS.

Lúcia Brás, 46 anos, residente em Mondim de Basto, funcionária Judicial e membro do executivo da Junta de Freguesia de São Cristóvão, integra as listas da Coligação “Portugal à Frente” na oitava posição. É Militante do PSD, membro da Concelhia do PSD de Mondim de Basto e representante local das Mulheres Social Democratas. Nestas eleições e tendo em conta a coligação PSD/CDS, o resultado não deverá ser muito diferente neste distrito, pelo que, assim sendo, as eleições de João Noronha e de Lúcia Brás estão praticamente afastadas.

A lista do Partido Socialista é encabeçada, por Ascenso Simões, que recentemente esteve envolvido na polémica dos cartazes do PS, enquanto que, a lista da coligação PSD/CDSPP é encabeçada por Luís Ramos, professor universitário e atual deputado. A cabeça de lista da CDU é Júlia Correia, dirigente da União de Sindicatos de Vila Real e membro da Direção da Organização Regional de Vila Real do PCP. Carlos Gomes, professor aposentado, é o cabeça de lista do Bloco de Esquerda.

Achou esta notícia interessante?
Comentários (4)
Anónimo disse

Pois teve que ser sétimo porque o amigo Costa não lhe pode prometer que lhe abria uma filial da pastelaria Silva no parlamento, para ele passar os dias a descansar,dito pela a Adelaide.


25 de Setembro de 2015 10:24




Anónimo disse

o rui coitado tinha so um voto e era o dele


14 de Setembro de 2015 20:29




Anónimo disse

kem devia ser candidato ser o Rui Alves


02 de Setembro de 2015 18:41




Anónimo disse

foda-se o noronha em setimo? então era ele que era amigo do antonio costa? deve ser tão amigo quanto eu. em setimo lugar é mais fassil entrarem os gatos e os cães do que ele pra a assembleia.


01 de Setembro de 2015 22:34








Anónimo:



opinião demarcada
Vídeo em Destaque
Este vídeo foi apresentado no oitavo aniversário da adbasto (Associação de Desenvolvimento Técnico-Profissional das Terras de Basto), e conta, visual e oralmente, a história desta associação.
Notícias
  • Últimas
  • + lidas
  • + comentadas
  • + votadas
edição impressa