22 de Fevereiro de 2018
Cabeceiras de Basto | 14-03-2015
Por: Redacção
Mário Leite dá “luz verde” ao PSD para eleições intercalares
Mário Leite
Ainda não tinham passado 48 horas da renúncia de China Pereira do cargo de Presidente da Câmara de Cabeceiras de Basto, e tanto o PSD como o movimento "Independentes por Cabeceiras” consideravam inevitável, para a saúde democrática e política concelhia, a realização de eleições. 

Esta posição foi, desde logo, manifestada também pela distrital do PSD. O eurodeputado José Manuel Fernandes, líder da distrital “laranja”, considerou necessário “reparar a traição” feita à vontade da população. Em sintonia, no passado dia 11 do Março, o também eurodeputado Nuno Melo, dirigente nacional do CDS-PP, em declarações à Antena 1, denunciou “o regresso da tentativa ao poder de alguns velhos dinossauros” e as “fracturas internas do PS”, acusando aquele partido de querer “perturbar a vida autárquica” e “sanear quem o povo escolheu para o lugar” de Presidente de Câmara. Para o centrista, o que “pareceria normal nestes casos seriam eleições antecipadas”, estranhando ainda o silêncio de António Costa sobre este assunto.

Sendo veiculado por vários órgãos de comunicação social, locais e nacionais, a posição do movimento Independentes por Cabeceiras é clara e inequívoca: “O novo Presidente não foi a escolha da população cabeceirense que votou no PS. Defendemos, por isso, a devolução da palavra ao povo, através da realização de eleições intercalares para a Câmara Municipal” - pode ler-se no comunicado oficial do movimento. O IPC demonstrou desde logo estar disponível para criar condições para a realização de eleições intercalares, em conjunto com as outras forças políticas. 

Também em  entrevista à Rádio Voz de Basto, Duarte Nuno Bastos, líder da concelhia do PSD reforçou a ideia e assumiu: "Para nós o assunto é muito claro, não havendo qualquer espaço para dúvida política sobre o futuro do concelho: Eleições Intercalares.” E acrescentou: “se vestisse a pele dos vereadores e dos elementos do executivo saberia o que fazer, mas compete a cada um assumir a sua responsabilidade.”

Foi neste contexto que Mário Leite, após a última reunião de Câmara, sexta-feira, 13 de Março, publicou uma declaração que apresentou nessa mesma reunião, antes da ordem do dia. Nesta declaração, Mário Leite dá luz verde às intenções manifestadas pelo PSD. Embora reconhecendo que “o atual Presidente da Câmara e os membros deste executivo têm toda a legitimidade para continuar e concluir o mandato” diz, que, no entanto, quer “independentes”, quer o PSD já reclamaram eleições antecipadas e intercalares”. Aliás, só a demissão em bloco da oposição (3 membros do IPC e Mário Leite que não representa mais o PSD) o pode causar.

O vereador Mário Leite refere que “a ser verdade e a ser séria a intenção, tal desiderato só será possível pelo derrube do executivo, retirando-lhe a maioria dos seus membros, os da oposição, considerando que o PS não contribuirá, por certo, para a concretização desse objetivo. Não me cabe, a mim, pessoalmente, decidir ou assegurar a decisão do futuro político deste executivo. Mas pela minha parte, desde que seja concretizado o sentido das afirmações “politicamente corretas” que foram produzidas, isto é que o IPC e o PSD assumam e concretizem o derrube da Câmara, eu não colocarei qualquer objeção a tal desiderato.” 

Achou esta notícia interessante?
Comentários (23)
Anónimo disse

Claro, tinha de ser - AS TACHADAS SEMPRE NA ORDEM DO DIA


26 de Março de 2015 01:50




Anónimo disse

Agredido???? Nao ..... esteve as portas do outro mundo


17 de Março de 2015 15:09




PROVEDORA disse

O Augusto João nem o irmãozinho consegui meter no hospital da misericórdia quanto mais dar dicas! O José Joaquim (ex-presidente da junta de Basto) quase era agredido, por isso ele se demitiu do PPD


17 de Março de 2015 10:57




Anónimo disse

A rapaziada do PSD ainda tem companhia para conversar nos cafes mas alguns nem isso, andam pelas ruas da vila feitos baratas tontas´Á PROCURA de aguem para conversar. NAO É sr prof Mario?


16 de Março de 2015 23:03




Anónimo disse

"Meus amigos: quem nos dera que Engenheiro Francisco Campilho se disponibilizasse para ser candidato à Câmara. Com 20 anos de atraso teríamos agora um Presidente de Câmara com dimensão NACIONAL. Avance Engenheiro que tem aqui a sua gente


16 de Março de 2015 22:12




Anónimo disse

oh Mário Leite cala-te la!!! Senão gostaste, põe de lado... ass. Anónimo das 18:11


16 de Março de 2015 21:42




Anónimo disse

Eu já percebi tudo. O PSD pediu em primeiro lugar eleições antecipadas por considerar que este é o timing que melhor serve os interesses eleitorais do partido. Com a candidatura do Francisco Campilho na forja (sim, eu também tenho as minhas fontes), a malta do PSD está confiante na vitória. Porém, eu não estou tão convencido disso (sim, eu também tenho direito às minhas análises políticas) pois da maneira que o Mário Leite e o Abílio Alves afundaram o partido nem com o aconselhamento político dos inteletuais do IPC o Francisco Campilho lá vai.


16 de Março de 2015 21:29




Anónimo disse

Caiu-lhes a máscara. Definitivamente, o IPC e o PSD, não querem eleições. Os comentadores políticos destas entidades são claros nos comentários que difundem nas redes sociais. Só não entende quem não quer.O anónimo das 18,11 tem até a falta de bom senso de utilizar, na sua argumentação, o nome de uma pessoa que, diminuída pela sua condição mental,lhe deveria merecer mais respeito.


16 de Março de 2015 20:58




Anónimo disse

MÁRIO LEITE, 1 – PSD, 0 ??!! Só se for de penalty inventado por um árbitro do IPC, marcado com a mão e em fora-de-jogo!!!


16 de Março de 2015 19:53




Zé da Ponte disse

E eu que pensava já ter visto tudo e de tudo. Vi o MIGUEL TEIXEIRA a ir comer à mão do BARRETO e o BARRETO a saneá-lo da Assembleia. Vi o JORGE MACHADO seduzido pelo Barretismo e o BARRETO a correr com ele da Câmara e do PS. Vi a ISABEL COUTINHO a besuntar o BARRETO e o BARRETO a tentar boicotar a sua nomeação para vereadora a tempo inteiro. Vi o CHINA a servir de escudo moral ao BARRETO e o BARRETO a humilhá-lo. Vi tantos e tantos a comer à mesa do orçamento barretista e agora a desprezar o BARRETO. Vi o MÁRIO LEITE e o ABÍLIO ALVES a desancar no BARRETO e o BARRETO depois a comprá-los. Agora nunca pensei ver os politólogos ao serviço do IPC a elogiar o MÁRIO LEITE, o vereador-desempata que antes tanto criticavam. São coisas às quais os comuns dos mortais não têm acesso. São coisas só para predestinados entenderem.


16 de Março de 2015 18:52




Anónimo disse

Senhores comentadores, o Mário Leite se tivesse qualquer intenção de se demitir já o tinha feito quando o PSD lhe retirou a confiança politica. qualquer homem com vergonha na cara o teria feito. vejam o exemplo exemplar do dr. china. Só quem não o conhece é que ainda cai nos seus truques. consultem o Augusto João que ele da umas dicas sobre o sujeito em causa.


16 de Março de 2015 18:11




Anónimo disse

A população de cabeceiras tem que decidir! Este novo presidente não é a vontade dos ps nem dos cabeceirenses de forma geral! É obrigação das outras forças politicas fazerem alguma coisa ou então não estão ai a fazer nada!!!O fazer alguma coisa não é compactuarem com esta palhaçada!


16 de Março de 2015 11:37




Anónimo disse

O PSD e IPC disputam entre si o primeiro lugar para saber quem pediu primeiro eleições intercalares. Eu pergunto que fizeram para que isso aconteça? Para haver eleições não basta emitir comunicados a dizer que as desejam. Só há uma forma é o PSD e o IPC entenderem-se e derrubarem a actual câmara. Enquanto isso não acontecer há apenas conversa de cafés que é a especialidade da rapaziada do PSD.


16 de Março de 2015 09:08




Anónimo disse

Declaração do Mário Leite na página do facebook: "(...) Não me cabe, a mim, pessoalmente, decidir ou assegurar a decisão do futuro político deste executivo. Mas pela minha parte, desde que seja concretizado o sentido das afirmações “politicamente corretas” que foram produzidas, isto é que o IPC e o PSD assumam e concretizem o derrube da Câmara, eu não colocarei qualquer objeção a tal desiderato." Visto que lhe foi retirada a confiança política por parte do PSD, se não cabe a ele cabe a quem? Ele já não representa o PSD, tal como referem na notícia do jornal. Vão outros(a restante lista) demitirem-se de um cargo que não exercem? Comunicado do IPC: "9. A convocação de eleições não depende só de nós, mas estamos disponíveis para criar em conjunto com as outras forças políticas as condições necessárias para que tal aconteça, como estaremos preparados, se tal não se verificar, para continuar a desempenhar o papel de oposição responsável e coerente no atual executivo." Então? Em que ficamos? Vão ao não avançar com a demissão? Ou querem um no papo e outro no saco? Conclusão: Força Francisco Alves o PS está contigo!


15 de Março de 2015 11:46




Anónimo disse

Já que tem tanta vontade, tanta palavra, tanta honestidade, porque é que o prof. Mário Leite não começa ele por se demitir? Pois, pois... nós já sabemos o resto!


15 de Março de 2015 11:30




Anónimo disse

Se formos avaliar as coisas que o Mário Leite diz... em tempos também referiu que o lugar de vereação era do partido e não dele, que estava à disposição do partido, blá blá blá Até hoje!!! Realmente... é um homem de palavra, não hajam dúvidas.


15 de Março de 2015 11:23




Anónimo disse

Ai agora o problema é do jornal? essa está muito boa. Alguma coisa que aparece nesta notícia é mentira? Ou a mesma foi feita com base em declarações feitas pelo senhor Vereador na sua página do Facebook? Exige se mais sentido de responsabilidade a quem atribui culpas ao jornal. A maturidade infelizmente não está à venda na farmácia. Se assim fosse o mundo melhoraria bastante.


15 de Março de 2015 11:02




Anónimo disse

Parece que o professor Mário criou um enorme problema ao PSD que agora terá que recolher as declarações de renúncia dos seus candidatos na lista da Câmara e entregar as mesmas ao Presidente da Assembleia. O professor Mário com esta sua posição atirou a batata quente para a direção política local do seu partido, dizendo "demitam se que eu também me demitirei, mas dêem vocês o passo primeiro. E na verdade, o PSD que andou a emitir comunicados públicos defendendo eleições antecipadas, ficou agora com o menino nas mãos. Que grande jogada política do professor Mário. Explicar à população que deseja eleições antecipadas e que tem feito esforço para que elas aconteçam, é agora o grande desafio que se coloca à comissão política local do PSD e ao seu jovem líder. Se não tomarem iniciativa nenhuma a população pode pensar que aquele comunicado que pedia eleições antecipadas afinal era a fingir. Aguardam se desenvolvimentos mas para já, Mário Leite 1 direção política do PSD 0.


15 de Março de 2015 10:56




Anónimo disse

Que falta de literacia aqui vai nos comentários. O Mário Leite afirma que não é por ele que a câmara não cai e vêm para aqui falar em demissão e tendências. Cruzes credo.


15 de Março de 2015 04:43




Anónimo disse

O ipc tem a lábia toda... quer eleições, então que comecem eles por resignar aos cargos


15 de Março de 2015 01:08




Anónimo disse

Já tínhamos o Marcelo Rebelo de Sousa da Praça agora temos o Correio da Manhã da Quinta da Mata.


14 de Março de 2015 23:43




Anónimo disse

Então que se demita !!!


14 de Março de 2015 23:23




Anónimo disse

Mas este Sr. Demitiu-se? Não. Então onde estão reunidas todas as condições para haver eleições. Sr. Jornalistas não sejam tão tendenciosos. O executivo é composto por 3 elementos do PS, o Sr. Mário Leite, vereador independente e 3 elementos do IPC. São estes os elementos que podem provocar eleições e nenhum é representado pelo PSD. E mesmo assim não é linear, pois nada garante, que se o Sr. Mário Leite se demitir, os outros elementos da lista encabeçada por este nas últimas eleições, façam o mesmo. Aplicado-se o mesmo a todos os vereadores, independentemente de que lista for.


14 de Março de 2015 23:23








Anónimo:



opinião demarcada
Vídeo em Destaque
Este vídeo foi apresentado no oitavo aniversário da adbasto (Associação de Desenvolvimento Técnico-Profissional das Terras de Basto), e conta, visual e oralmente, a história desta associação.
Notícias
  • Últimas
  • + lidas
  • + comentadas
  • + votadas
edição impressa