24 de Fevereiro de 2018
Mondim de Basto | 16-10-2014
Por: Redacção
Escola Primária de Atei virou Centro Comunitário
Antiga Escola Primária de Atei
Foi inaugurado, no passado dia 19 de setembro, pelo Secretário de Estado da Administração Local, Jorge Leitão Amaro, o Centro Comunitário de Atei.

Numa cerimónia simples, mas de grande simbolismo para a população daquela freguesia, o Presidente da Câmara, Humberto Cerqueira, realçou a importância da preservação e valorização do património local, nomeadamente das escolas primárias, que estiveram e assim vão continuar a estar ao serviço das pessoas.

Por sua vez, o Secretário de Estado, Jorge Leitão Amaro, elogiou não só a obra agora concluída mas também o empenho da autarquia para melhor servir os seus munícipes, dotando o concelho de espaços e de atividades socialmente úteis.

O Centro Comunitário de Atei é o resultado da requalificação da antiga Escola Primária de Praça, pertencente à tipologia das denominadas “Escolas Adães Bermudes” criadas no século passado, que acolhe já os alunos do ensino pré-escolar da freguesia de Atei e também irá desenvolver atividades para a população mais idosa.

A partir desta data, a freguesia de Atei passa a contar com este novo edifício que permite a realização de atividades de valorização da cultura local, sempre numa lógica de utilização intergeracional.
Este novo equipamento está dotado de uma sala polivalente, destinada a atividades de cariz sociocultural; uma sala de atividades e ocupação de tempos livres, essencialmente dirigida a crianças; uma sala multimédia; uma sala de reunião; um gabinete administrativo e ainda serviços de apoio como quartos de banho, instalações sanitárias especiais, copa e vestiário.

Um projeto que representou um investimento de 149 mil euros, financiado em mais de 89 mil euros pelo Sub-Programa 3 do PRODER.

Achou esta notícia interessante?
Comentários (0)




Anónimo:



opinião demarcada
Vídeo em Destaque
Este vídeo foi apresentado no oitavo aniversário da adbasto (Associação de Desenvolvimento Técnico-Profissional das Terras de Basto), e conta, visual e oralmente, a história desta associação.
Notícias
  • Últimas
  • + lidas
  • + comentadas
  • + votadas
edição impressa