24 de Fevereiro de 2018
Cabeceiras de Basto | 27-05-2014
Por: Redacção
Associação de Pedraça teme “municipalização” do associativismo na Freguesia
Grupo de Cantares da Nuno Álvares de Pedraça
A associação Cultural, Recreativa e Desportiva Nuno Álvares de Pedraça, com sede naquela freguesia de Cabeceiras de Basto, realizou no passado dia 5 de abril, eleições para a sua direcção. A única lista foi eleita com a votação de 70% dos sócios que marcaram a sua presença.

A associação, fundada em Julho de 2004, tem sido uma grande dinamizadora da actividade cultural em Pedraça, realizando desde sempre vários eventos e participando sempre que foi convidada nos programas da Câmara Municipal, nomeadamente nos encontros de Cantares de São Martinho, Janeiras e 25 de Abril, ou a Festa do Associativismo. Além disso, ultimamente têm-se associado à Roda das Concertinas e ao Cortejo Etnográfico, pela Feira de São Miguel.

Em 2013, fundaram um Grupo de Bombos, com 8 desses instrumentos e 5 caixas, e participaram nas festas do concelho. Em Pedraça, a “Nuno Álvares” está envolvida em várias actividades, realizando habitualmente dois passeios por ano para sócios, festas populares, como no mês de junho no Largo da Igreja ou o tradicional Magusto para a população. No passado mês de Novembro, a associação organizou um jantar de convívio para todos os sócios. Este ano, a mesma colectividade já se propôs a realizar as Festas de Santa Marinha e Santa Bárbara, constituindo uma equipa de 11 elementos para a comissão de festas e de acordo com o pároco local. No entanto, o elemento que nos contactou lamenta que, apesar do percurso feito pela Associação Nuno Álvares, haja sócios que “estejam a abandonar a colectividade e a recomendar a outros a fazê-lo de modo a integrarem outra associação recentemente criada na freguesia: Pedraça Activa; aparentemente próxima da câmara municipal”.

O responsável mostra-se preocupado com a situação que teme ter sido criada, com motivos políticos, para dividir os pedracenses e que poderá por em causa o sucesso das iniciativas, a união e a grande dinâmica cultural que a freguesia de Pedraça conheceu nos últimos anos.

Achou esta notícia interessante?
Comentários (1)
Anónimo disse

Mas estavam á espera de outra coisa era? enquanto lhes lambiam as botas eram os melhores, agora enveredaram por outros caminhos toca a dividir para alguém reinar. Duma coisa podeis ter a certeza, já não sois caso único por cá e isso vai passar. Quem vai ficar a perder é a cãmara que assim vai ter de dar subsidios a duas e outros tantos prémios de presença nos seus concursos.


27 de Maio de 2014 23:35








Anónimo:



opinião demarcada
Vídeo em Destaque
Este vídeo foi apresentado no oitavo aniversário da adbasto (Associação de Desenvolvimento Técnico-Profissional das Terras de Basto), e conta, visual e oralmente, a história desta associação.
Notícias
  • Últimas
  • + lidas
  • + comentadas
  • + votadas
edição impressa