24 de Fevereiro de 2018
Terras de Basto | 18-03-2014
Por: Redacção
Concelhos da Região de Basto nos últimos lugares do Ranking “City Brand”
City Brand Ranking 2014
O ranking “City Brand”,  avaliou e ordenou, em três dimensões [Negócios (Investimento), Visitar (Turismo) e Viver (Talento)], o desempenho  de cada um dos 308 municípios de Portugal. Tendo-se verificado que os concelhos da região de Basto ocupam o fundo da tabela.

Este estudo, realizado pela  “Bloom Consulting”, que é uma marca internacional com estudos publicados nos maiores meios de comunicação internacional, com artigos publicados no “The Economist”, “Forbes” e “CNN”, considera a marca de um município como um valor tangível e intangível que requer uma gestão estratégica  de forma a atingir múltiplos objetivos. Segundo esta, existem seis objetivos essenciais: atração de Investimento, atração de turistas, atração de talento, aumento de orgulho, aperfeiçoamento da diplomacia pública e aumento das exportações.


Na classificação geral, Mondim de Basto é o concelho da região de Basto melhor posicionado, encontrando-se no 202º lugar, seguido de Cabeceiras de Basto em 259º, Celorico de Basto em 269º e Ribeira de Pena em 299º.

Feita uma análise por categorias, constata-se que o sector do Turismo é o mais desfavorecido: Cabeceiras, Celorico e Ribeira de Pena, encontram-se, ex-áqueo, no último lugar na região Norte do País. A nível nacional, Mondim aparece novamente como o concelho da região de Basto, melhor posicionado encontrando-se no 157º lugar, seguem-se Cabeceiras em 276º, Celorico 279º e Ribeira de Pena em 297º. Esta categoria teve em conta a taxa de ocupação hoteleira, a animação turística, a restauração, o número de locais de atração turística e a cultura. Se o panorama geral já não é muito animador o sector do turismo é, claramente, o que apresenta maior preocupação.

Na categoria de negócios, que relaciona a percentagem de novas empresas sobre o total de empresas,  o número total de empresas por habitante, o crescimento empresarial, o valor dos impostos, o investimento realizado, o concelho de Cabeceiras é o concelho da região de Basto melhor posicionado (102º), seguido de Celorico (123º), Mondim (198º) e Ribeira de Pena (274º).
No que respeita á avaliação da categoria Viver, onde foram consideradas as taxas de desemprego e de criminalidade, o poder de compra de cada munícipe relativamente à média nacional, a qualidade de vida, educação e saúde. Entre os concelhos da região de Basto Cabeceiras apresenta o melhor resultado, encontrando-se no 176º lugar, seguido de Celorico em 229º, Mondim em 272º e Ribeira de Pena em 292º.

O concelho de Ribeira de Pena é o concelho da região que apresenta piores indicadores em todas a categorias analisadas.

Em termos distritais, no distrito de Braga, Cabeceiras e Celorico são os concelhos com piores indicadores. Em quase todas as categorias os dois concelhos da região de Basto encontram-se na cauda da tabela. No distrito de Vila Real, Ribeira de Pena encontra-se no penúltimo lugar, estando apenas à frente do concelho de Murça. Por sua vez, Mondim é o sexto concelho melhor posicionado neste distrito.
Em suma , este estudo ao avaliar e classificar a eficácia dos  nossos municípios, evidenciou grandes  dificuldades na consolidação da marca região de Basto. Numa época de grandes dificuldades económicas para o poder local, espera-se que esta publicação  constituía uma base de trabalho e analise para a definição de prioridades de intervenção na nossa região que potenciem o crescimento socioeconómico.

Achou esta notícia interessante?
Comentários (0)




Anónimo:



opinião demarcada
Vídeo em Destaque
Este vídeo foi apresentado no oitavo aniversário da adbasto (Associação de Desenvolvimento Técnico-Profissional das Terras de Basto), e conta, visual e oralmente, a história desta associação.
Notícias
  • Últimas
  • + lidas
  • + comentadas
  • + votadas
edição impressa